Anúncios

21 de fevereiro de 2018

" Ter Deficiência não é como ser uma mercadoria com defeito."


Deficiência não é uma sentença e sim uma condição e todos nós poderíamos ou podemos passar pela mesma situação e nem por isso deixaríamos de ser Pessoas. Pessoas com sentimentos, individualidades, com toda a sua parte humana e toda a sua história assim como toda e qualquer pessoa. 

Por isso, nunca se esqueça: Por trás dessas pessoas existe uma história, mas existe muito amor e vida! Existem dificuldades, mas também uma linda vontade de viver o mundo à maneira que puder. Posso afirmar que a capacidade dessas pessoas em olhar o mundo de forma intensa e grata é emocionante - muito melhor do que muita gente que não sabe viver, que não sabe agradecer. Por isso, atribuir rótulos como se fossem mercadorias com "defeito" ou " sem defeito" é feio! Não se pode classificar pessoas dessa forma.

Quero lembrar que deficiente em sua essência é aquela pessoa que não tem capacidade de amar. Por isso: Encha seu coração de amor (se for possível) e respeite. Se não souber o que dizer sorria! Ensine isso aos pequenos para que eles possam crescer com com bases sólidas para colocar em prática a forma que trata o outro. Não importa quem seja. Não importa o que ele faz. Respeite TODOS! Pois RESPEITAR também é uma forma de AMAR o seu próximo.

Adriana

Adolescência - Abandonando a Infância


Adolescência, Rotina, Disciplina e Limites



Adolescência é uma fase de muitas transformações e isso não é diferente para nossos filhos. Independente de seus atrasos físicos ou mentais, a natureza se manifesta. A idade cronológica sempre vai nos mostrar que eles estão crescendo e mudando. Não é uma fase fácil para eles também. É encarar de frente essas mudanças, pois deixam de ser crianças para encarar transformações tanto na mente quanto no corpo. Temos que ter em mente que eles por mais que dependam de nós vão envelhecendo, e que a parte lúdica é importante tanto quanto a consciência de sua idade e modificações. 

Não importa se é preciso uma ajuda da ciência ou as coisas acontecem espontaneamente pois cronologicamente eles devem (na minha opinião) ser tratado com a idade que tem. Nunca abandonando aquela criança interior que todos nós jamais deveríamos nos esquecer. 

Limites são importantes, e na minha opinião essas frases que ouço muito não estão com nada:  -Ela não entende! Tadinho (a) já possui tantas limitações, deixa fazer o que quer. Sim, temos que respeitá-los como seres humanos. Mas equilibrar limites que temos que dar à eles, e os limites que eles tem. 

A rotina ajuda muito nos limites. Ajuda a dar segurança. Uma coisa importante é que nem sempre a rotina vai obedecer horários exatos, isso seria uma completa neura. Mas há dias que acontecem coisas diferentes. Nessa loucura de tempo cronometrado, é importante sair dela nos finais de semana, em feriados, pra que não virem pessoas robotizadas e descansar para encarar a rotina de todos os dias em que ela se faz necessária.

Adriana.

12 de fevereiro de 2018

Você nunca será bom o suficiente para todo o mundo...

A Maravilhosa Lição De Vida Dessa Menina Autista Ao Revelar Seu Sonho Em Uma Prova De Filosofia


A pequena Eduarda Santos, de 7 anos, fez sucesso na internet por causa de suas respostas em uma prova de Filosofia, em que expôs a simplicidade de seus sonhos e explicando, de forma bem simples, a diferença entre desejos e necessidades.

Na prova, foi pedido que os alunos contassem qual era seu sonho na vida e que o ilustrassem. A resposta de Eduarda foi bem simples: “Comer 2 potes de sorvete“. Kenya, mãe da menina, comentou: “Para ela, não foi nada diferente, não me contou nada sobre a atividade, foi como se fosse normal. Quando eu vi, não sabia se ria ou chorava“.



Outra resposta trouxe a reflexão sobre a importância das coisas, na questão sobre a diferença entre desejo e necessidade: “Necessidade é o que a gente precisa; desejo é o que a gente não precisa“, escreveu Eduarda, que completará 8 anos em breve e é diagnosticada com autismo.

“Nós adultos temos tantos sonhos, desejos e às vezes nem tudo é necessidade. Realmente parei para pensar: ‘O que é importante hoje?‘. Chorei, chorei muito. São coisas pequenas que fazem a diferença, pequenos gestos“, comentou a mãe, emocionada.

Fonte: Hypeness



A depressão é uma doença como outra qualquer

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...