4 de junho de 2016

Renascemos



Sim, somos como Fênix. Renascemos diariamente das cinzas. Mas no voo inaugural não estamos privados de errar o rumo e meter a cara na rocha.

 (P.Fábio de Melo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...