17 de janeiro de 2016

Crescimento


Eu acho que todo mundo já chegou nesse ponto de perceber o quanto cresceu e amadureceu em coisas que superou.De ter sofrido por ter esbarrado em algumas indiferenças humanas, e hoje entender que há coisas que só nos ensinam a jamais perder a nossa sensibilidade a destinando a quem realmente faz a diferença conosco e não se conformar com " festa estranha com gente esquisita" como diz a música.
Que certas coisas na vida são uma oportunidade de abandonar tudo aquilo que não nos merece e partir em uma vida cheia de coisas e pessoas que nos fazem felizes e podemos a cada dia com nosso sorriso, abraço, risadas, amor e carinho também ser a diferença.
Hoje, mais maduros, vamos esbarrar em dificuldades que se repetem, obstáculos antigos, mas que por termos a memória repetitiva de como nos sentimos, saberemos o quão mais rapidamente sair dessa " vibe".
Hoje e amanhã quem sabe, teremos obstáculos novos, esbarraremos em um novo eu, e aprenderemos a superar e viver coisas novas ou quem sabe vamos recomeçar sem sofrimento, apenas lembrando do que fomos capazes de superar e entender que há coisas na nossa vida que só fazem sentido se estiverem no mesmo patamar em que estamos.
Por fim, gratos a tudo que se permitiu ver e fazendo de nós pessoas fortes, seguras. Até as decepções nos ajudam a ver tanta coisa, e concluiremos então que muita coisa não cabe mais no nosso novo modo de viver!
E viva ao nosso novo ser que hoje aqui está! Que seja o melhor com as melhores pessoas!
Que tenhamos a capacidade de nos " reciclar" sem perder a essência, e perceber o que cada lição nos ensina. Porque ser feliz é apesar de não ser um " apesar".


(Adriana Silva)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...