30 de abril de 2015

Vida


Eu tentei não chorar,
Quando a carne estava fraca
Quando batia na minha cara aquela friaca
Congelado os ossos da minha alma!


Eu tentei não sofrer,
Quando todo mundo me dizia que não era nada
Mas de nada sabiam do meu ser
Quando em meus olhos eu não via mais estrada.


Eu tentei não partir,
Quando há muito tempo haviam me virados as costas
E percebi que só conseguiria evoluir
Quando eu fosse adulta o suficiente.


Eu tentei não falar,
Quando meu grito estava saindo,
E gritei dormindo
O meu mais inútil pesadelo.


Eu tentei tantas coisas,
Algumas eu consegui,
Outras eu fracassei,
Mas viver eu sempre continuarei!


(Adriana Silva)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...