13 de agosto de 2014

Esquecimentos


Muita coisa na vida é preciso aprender, incorporar como conhecimento adquirido e assumi-lo como parte integrante de nossa vida. E, à medida que vamos conhecendo, vamos nos tornando maiores, dilatados, aptos a abarcar o mundo na sua complexidade de formas, cheiros e sabores.
Conhecer é uma forma criativa de recriar a vida. É uma maneira de interferir na estrutura estabelecida e propor que pode ser diferente. Eu me esforço por viver conhecendo, tomando contato com a novidade de cada dia. São aprendizados pequenos, mas elementares para que eu continue o movimento que não me deixa cair na mesmice.
Com a mesma facilidade com que aprendo, esqueço. Não são poucas as vezes em que me esforço para recordar o que um dia aprendi. Vasculho o baú da memória e não encontro o que procuro. Da busca nasce a sensação de que aquele conhecimento tenha se alojado num quarto da memória pouco frequentado e que, cansado de esperar pela minha visita, foi dormir um pouco. Conhecimento também dorme! O meu esforço  o acorda e ele vem sonolento ao meu encontro. Aí, quando o vejo, a satisfação toma conta dos meus olhos e a boca proclama: " É isso! " . Ou então: " É aquele! É ele! " .

(Padre Fábio de Melo - É Sagrado Viver)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...