24 de julho de 2014

Crescimento


Se somos obras de Deus porque cobiçar a grama do vizinho? Porque achar-se sempre menos, inadequado, por achar que devemos seguir um padrão de perfeição que não existe? Porque se os outros se acham mais do que as outras, pisam, elas que se acertem com Deus depois. A conta quando vem é cara. Cabe a nós também mostrar o limite às pessoas.
Aprendi a dar adeus ao que me faz mal. Porque senão a vida fica insuportável diante de tantos que querem nos derrubar. Pois nosso sorriso incomoda, nossa decência, caráter, bondade. O nosso olhar no olho com simplicidade, de igual pra igual sem alguma pretensão. Pobre daquele que se acha mais do que o outro. Pois seu túmulo vai revelar-te que somos todos iguais.
Não se amedronte nem se diminua porque as pessoas andam se achando demais e pisando umas nas outras. Sinta-se gigante porque você é humilde e pequeno e nunca precisou humilhar ninguém pra se sentir feliz. Afinal, quem é feliz, é feliz e ponto.

(Adriana)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...