Sobre o conteúdo desse blog:

Se alguma foto nesse blog for de sua propriedade entre em contato que mencionaremos a autoria. O que fazemos é editar as fotos e colocar mensagens, e caso se sinta lesado, informe-nos que ou daremos os devidos créditos ou removeremos sem problema algum. Porém lembramos que as fotos são retiradas do Google.

29 de junho de 2014

As três peneiras


Um homem foi ao encontro de Sócrates levando ao filósofo uma informação que julgava de seu interesse:

- Quero contar-te uma coisa a respeito de um amigo teu!
- Espera um momento – disse Sócrates – Antes de contar-me, quero saber se fizeste passar essa informação pelas três peneiras.
- Três peneiras? Que queres dizer?
- Vamos peneirar aquilo que quer me dizer. Devemos sempre usar as três peneiras. Se não as conheces, presta bem atenção. A primeira é a peneira da VERDADE. Tens certeza de que isso que queres dizer-me é verdade?
- Bem, foi o que ouvi outros contarem. Não sei exatamente se é verdade.
- A segunda peneira é a da BONDADE. Isto que você quer me contar é algo bom? Com certeza, deves ter passado a informação pela peneira da bondade. Ou não?
Envergonhado, o homem respondeu:
- Devo confessar que não.
- A terceira peneira é a da UTILIDADE. Pensaste bem se é útil o que vieste falar a respeito do meu amigo?
- Útil? Na verdade, não.

- Então - disse-lhe o filósofo - se o que queres contar-me não é verdadeiro, nem bom, nem útil, então é melhor que o guardes apenas para ti.

Salvo pela gentileza




Juan trabalhava numa fábrica de distribuição de carne. Um dia, quando terminou o seu horário de trabalho, foi a um dos frigoríficos para inspecionar algo, mas num momento de azar a porta fechou-se e ele ficou trancado lá dentro.
Ainda que tenha gritado e batido na porta com todas as suas forças, jamais poderiam ouvi-lo. A maioria dos trabalhadores já tinha ido embora, e no exterior da arca frigorífica era impossível ouvir o que estava acontecendo lá dentro.

Cinco horas mais tarde, quando Juan já se encontrava à beira da morte, alguém abriu a porta. Era o segurança da fábrica, que salvou a vida de Juan.
Juan perguntou ao segurança como foi possível ele passar e abrir a porta, se isso não fazia parte da sua rotina de trabalho, e ele explicou:

“Eu trabalho nesta fábrica há 35 anos, centenas de trabalhadores entram e saem a cada dia, mas você é um dos poucos que me cumprimenta pela manhã e se despede de mim à noite. Muitos me tratam como se eu fosse invisível. Hoje, como todos os dias, você me disse seu simples ‘OLÁ’ na entrada, mas hoje curiosamente, não tinha ouvido o seu ‘ATÉ AMANHÃ’. Espero o seu ‘OLA’ e ‘ATÉ AMANHÃ’ todos os dias. Para você eu sou alguém. Ao não ouvir a sua despedida, eu sabia que algo tinha acontecido… Procurei e encontrei!”

Fica esta reflexão: sejam humildes e amem o próximo. A vida é curta demais e temos um impacto que não conseguimos sequer imaginar sobre as pessoas com as quais cruzamos todos os dias.

(Desconheço Autoria)

26 de junho de 2014

Ninguém nunca precisou de restos para ser feliz


*Imagem retirada do google

Poder de escolha


Você é livre para escolher o que quiser. Seu poder de escolha é absoluto!Entre em seu mundo interior e sinta todo bem que deseja ter, convide o universo para colaborar e mostrar o caminho. Depois é só ficar firme no melhor para fazer funcionar!

Zibia Gasparetto

Mudanças


Se você quer realmente mudar, não aceite que as coisas fiquem sempre as mesmas. Questione, indague e cobre. Senão você corre o risco de nunca mudar porque simplesmente as coisas não mudam. Tenha em mente sempre as opção: Ou muda ou eu me mudo. Não aceite a mesmice porque você corre o risco de ser sempre o mesmo!

(Adriana)

23 de junho de 2014

A vida é assim!


A vida é assim. Você pode até chorar. Você pode até se achar vencido por monstros interiores e exteriores. Você pode até ficar mal por causa de pessoas. O tempo é sábio. Mesmo você sendo forte, pode não haver forças para lutar. Mas a cada dia de cada vez, de repente e do nada tudo muda. Você percebe que precisa mudar, se adaptar. Se a vida te der um caule vire árvore. Se a vida te der o vento, vire brisa! Se a vida te der chuva, molhe-se! Esqueça o que passou e desembrulhe o presente que a vida tem dado. Mesmo no meio do furacão, tudo pode se reconstruir, e a casa que você perdeu deu lugar a uma nova e melhor porque foi você que sabiamente construiu. Com novas cores, texturas, cheiros, e com novas pessoas! 

(Adriana)

Chegando no céu


Um homem muito rico morreu e foi recebido no céu. O anjo guardião levou-o por várias alamedas e foi lhe mostrando as moradias que ali existiam. Passaram por uma linda casa com belos jardins. O homem, admirado, perguntou: 
- “Que linda casa, quem mora aí?” 
O anjo respondeu:
 - “É o Raimundo, aquele seu motorista que morreu no ano passado.” 
O homem ficou pensando: Puxa! Se o Raimundo tem uma casa dessas, aqui deve ser muito bom! 
Logo a seguir, surgiu outra casa, muito mais bonita, e ele perguntou mais admirado ainda: - “E aqui, quem mora?” 
O anjo respondeu: 
- “Aqui é a casa da Rosalina, aquela que foi sua cozinheira.” 
O homem ficou imaginando que se seus empregados tinham lindas casas, a sua seria, no mínimo, um palácio, e estava ansioso por vê-la. 
Nisso, o anjo parou diante de um barraco construído com tábuas e disse:
 - “Esta é a sua casa.” 
O homem ficou indignado: 
- “Como é possível? Vocês sabem construir coisa muito melhor!” 
O anjo respondeu: 
- “Sabemos, mas nós apenas construímos a casa. O material é selecionado e enviado por vocês mesmos. Você só enviou isso!”

Cada gesto de amor e partilha com o próximo é um tijolo com o qual construímos a nossa casa na eternidade. Tudo se decide por aqui mesmo, nas escolhas e atitudes que você faz todo dia. Por isso, é importante nós repensarmos a respeito de nossos valores, atitudes e ações, para que mais tarde não soframos as consequências de nossos erros. Contribua com o melhor material para erguer sua casa. Depende só de você! Assim sendo, mãos à obra e comece sendo feliz, muito feliz! 

(autor desconhecido)

19 de junho de 2014

Ninguém pode estragar o seu dia



O colunista Sydney Harris acompanhava um amigo à banca de jornal. O amigo cumprimentou o jornaleiro cordialmente, mas como retorno recebeu um tratamento rude e grosseiro. Pegando o jornal que foi atirado em sua direção, o amigo de Harris sorriu atenciosamente e desejou ao jornaleiro um bom final de semana. Quando os dois amigos desciam pela rua, o colunista perguntou: — Ele sempre te trata com tanta grosseria? — Sim, infelizmente é sempre assim. — E você é sempre tão atencioso e amável com ele? — Sim, sou. — Por que você é tão educado, já que ele é tão rude com você? — Porque não quero que ele decida como eu devo agir. Nós somos os únicos responsáveis por nossa felicidade. Não devemos nos curvar diante de qualquer vento que sopra, nem estar à mercê do mau humor, da mesquinharia, da impaciência e da raiva dos outros. 

“Os tristes acham que o vento geme. Os alegres e cheios de espírito afirmam que ele canta”. Não são os ambientes que devem nos transformar, e sim nós que devemos tentar transformar os ambientes. Ninguém pode estragar o seu dia, a menos que você permita!

(Desconheço a autoria)

Alegria em viver!


Estou em um momento (que será eterno) da minha vida,
que dou risada até dos meus tombos
Pois são deles que vem a minha fortaleza.
Eu errei tanto, cai e ali fiquei por tanto tempo...
Que agora que aprendi
Peguei gosto
Em brincar de viver.
E não vou mais errar...
Não vou mais fazer nada
Que me deixe insatisfeita.

(Adriana)


Vida Leve!


Não faça nada que te leve à escravidão.
Lembre-se que a vida é leve.
Que você tem o direito de assim também ser.
Você não precisa ser perfeito.
E tem o direito de sentir-se feliz consigo mesmo.
E pra isso acontecer,
É preciso soltar as correntes.
Desencanar de tudo.
E simplesmente:

Viver!

(Adriana)

17 de junho de 2014

Oportunidades Positivas


Mantenha a mente aberta para novas oportunidades positivas e não dê espaço para a negatividade ou o desânimo:

1) A prosperidade está aumentando na minha vida cada dia mais.
2) Sou um ímã que atrai a riqueza e todas as formas de prosperidade chegam a mim.
3) Penso que mereço sempre as melhores coisas da vida.
4) Onde quer que eu trabalhe, sou profundamente admirado(a) e bem remunerado(a) .
5) Hoje é um dia maravilhoso. O dinheiro chega a mim de maneiras previstas e imprevista .
6) Tenho escolhas ilimitadas, as oportunidades estão em toda parte.
 7) Amo o trabalho que faço e sou bem remunerado(a) por ele.
8) Vivo em um universo de amor, abundância e harmonia, agradeço sempre por estar aqui e agora.
9) Desejo me abrir para a prosperidade ilimitada que existe em toda parte.
10) Alegro-me com a segurança financeira que é uma constante em minha vida.
11) Quanto mais sinto gratidão pela riqueza e abundância em minha vida, mais motivos descubro para agradecer.
12) Expresso gratidão por todo o bem que há em minha vida, cada dia traz novas e maravilhosas surpresas. 13) Neste exato momento, há muita riqueza ao meu dispor. Escolho sentir que mereço.
14) Liberto-me de toda resistência ao dinheiro e permito que ele flua alegremente em minha vida.
15) A vida satisfaz todas as minhas necessidades com grande abundância, eu confio na vida. ''Estou totalmente aberto(a) para receber os presentes que o Universo me reservou cuja semente já plantei.~

*Prosperar * Prosperar * Prosperar *

Mara Splenddore

Experiência de Vida




A experiência é uma coisa muito interessante. É nos servindo dela que aprendemos grande parte daquilo que sabemos; por ela orientamos, muitas vezes, os nossos passos; com ela evitamos a repetição de dissabores e procuramos aquilo que já sabemos ser bom. A experiência poderia servir para que a nossa vida fosse muito mais previsível e controlável, mais cômoda e segura, livre de problemas. Uma chatice, enfim... Felizmente, a natureza possui aspectos desconcertantes que têm o condão de permitir que, apesar de existir a experiência, a nossa vida seja em cada um dos seus momentos uma aventura louca e sem destino previsível. Um deles é que a experiência que adquirimos numa fase da nossa vida não nos serve de nada quando chegamos à fase seguinte. Apesar da experiência que vamos adquirindo, chegamos, a cada uma das nossas épocas, inexperientes e inseguros como da primeira vez. A vida, na sua magnífica diversidade, vai nos oferecendo constantemente novas situações, para as quais nunca estamos verdadeiramente preparados. Algumas são duras: um fracasso grande, uma doença que veio para ficar, a morte de alguém que nos faz falta... Estas limitações da experiência nos forçam a crescer continuamente; nos mantêm tensos, esforçados. Permitem que tenhamos constantemente objetivos diferentes. Dão colorido à nossa vida. É assim que nos podemos manter de algum modo jovens em qualquer idade. Quem programou este jogo da vida o fez de forma a que ele tivesse sempre interesse. Subimos de nível, saltamos do material para o espiritual, varia o grau de dificuldade, mudam os adversários e o ambiente - como nos jogos eletrônicos... Não somos poupados a sofrimentos, mas nos é dada a possibilidade de reagir e continuar a avançar. Se temos saudade do que ficou atrás, também nos é permitido sonhar com o que está adiante. Se conservamos o sabor de derrotas que tivemos, também planeamos a vitória que se segue. No jogo da vida, as derrotas deixam marcas, as feridas fazem mesmo doer, muitas vezes não recuperamos aquilo que perdemos. Estamos ancorados à realidade e, por isso, para nos divertirmos, para nos sentirmos como aventureiros no meio de tudo isto, temos necessidade de coragem. E de não calarmos aquilo que dentro de nós nos chama a um sonho, clama por aventura, pede para fazermos com a vida qualquer coisa que seja grande. Poderíamos dar ouvidos ao medíocre que quer se instalar em nós. E evitar, por medo e preguiça, as dificuldades, as complicações, o sonho. Mas "evitar o perigo não é, a longo prazo, tão seguro quanto se expor ao perigo. A vida é uma aventura ousada ou, então, não é nada".

(Helen Keller) 
(Shvoong)

15 de junho de 2014

Mudança e Evolução

Muitas vezes nos propomos a realizar grandes mudanças internas, mas imaginamos ou percebemos que elas não acontecem no momento que queremos.
Sem perceber, se estivermos abertos de corpo alma e coração elas vão acontecendo. Ou simplesmente a vida nos surpreende!

Aí é nesse momento que percebemos que não devemos falar. As pessoas vão perceber o brilho nos nosso olhar, nas nossas atitudes e cada vez mais coisas lindas vão acontecendo. Quem nos ama quer nos ver felizes, e quem não a gente reza por elas. A gente deve agradecer a cada nova chance e oportunidade por mínima que seja, pois são desses pequenos momentos que nascem coisas grandiosas dentro e fora da gente. Quem estiver na nossa sintonia irá receber, e quem não irá se questionar sem entender como apesar de tantas coisas aquela pessoa tem tanta luz.

Sabe... a vida não é fácil pra ninguém. Mas eu percebi que ao mesmo tempo que tem muita gente sem amor, sem evolução, tem pessoas que a gente se pergunta: Porque eu não conheci essas pessoas antes?

Então a mudança é algo inevitável na nossa vida. Um dia você vai chorar, no outro você vai sorrir tão forte, que nem você irá acreditar! Lembre-se que você evoluiu apesar de, e que ainda está disposto a mudar. A mudar de ideia, de opinião, com humildade e sobriedade. Lembre-se que mudanças são necessárias. E que dias melhores sempre virão! Vamos nos esquecer os dias de lágrimas, de tristezas e carregá-las de forma diferente. Como uma cicatriz que ali fica, mas significa que aquilo passou. Nos dias frios vai doer um pouco, mas você estará ali: De pé! Vivo! E isso é o que importa.

Coloque Deus no seu coração. Na sua vida. Amor em suas atitudes. E você terá a recompensa!

(Adriana)

Pai sou teu menino




Esse vídeo é muito lindo... Emocionante...
Recebo, me emocionei e estou repassando à vocês!
 


2 de junho de 2014

Desapego




  Aí você
desapega da maldade
que é pra não se
contaminar e amargurar
durante a caminhada.

Se apega
ao que tem amor
e que te inunda
de estalos de
alegria da cabeça aos pés!

(Vanessa Haas)

Tornar-se humano


O importante não é apenas manter-se vivo, mas manter-se humano.
(George Orwell)

Caminhe mais leve pela vida



A caminhada rumo à maturidade das nossas atitudes é longa... Por isso, livre-se do excesso de bagagem. Caminhe mais leve pela vida. Traga somente o essencial, o que vale a pena, o que agrega. Aquilo que ajuda você a viver e a construir as condições para ser feliz.
Se você insistir em levar bagagens em excesso, elas se tornarão muito pesadas e farão com que você acabe abandonando a viagem. Livre-se dos excessos.
E seja humilde: abandone a falsa certeza de que sabe o bastante sobre as coisas, sejam elas simples ou complexas. Afinal, o que é básico, o que é essencial, aprendemos por último.

Carlos Hilsdorf

Atitude

Atitude é uma pequena coisa que faz uma grande diferença.
 (Winston Churchill)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...