10 de fevereiro de 2014

O que se deixa no coração dominar...




Vez em quando percebemos o surgimento de realidades nocivas à nossa realização. O problema é que nem sempre agimos. Deixamos crescer e quando queremos arrancá-las já não podemos. Ficaram maiores que nós.
É por isso que cada vez mais eu me convenço de que o maior inimigo que podemos ter na vida é o nosso coração. Este, quando rebelado, torna-se o opositor primeiro de nossa felicidade.
[...] Quando permito que o ódio me domine, é como se eu estivesse apontando uma arma contra  minha própria  cabeça. Porque quando eu prefiro o ódio, de alguma forma eu estou deixando de lado o amor. A fonte sempre é a mesma, volto a dizer. O coração não sabe fazer as duas coisas ao mesmo tempo. Ou ele está a serviço do amor, ou ele está a serviço do ódio. É uma questão de escolha [...]

(Padre Fábio de Melo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...