30 de outubro de 2013

Tradução...


Minha alma chama por tradução. Por vezes, é estranha a si mesma. Por mais que se investigue, vive se deparando com facetas desconhecidas. Sei que essa tradução não terá fim. É bom que seja assim. Por carecer ser desvendada, busca pelo mundo os instrumentais que lhe favoreçam o desvelamento.

(Padre Fábio de Melo - Trecho do Livro É sagrado Viver)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...