25 de outubro de 2013

É preciso buscar os recantos onde ainda exista profundidade.

Às vezes penso que as respostas virão, às vezes, não. Olho ao longe e o que vejo é o espelho do tempo, convicções implorando por adoção. O mundo cada vez mais raso me desagrada. É preciso buscar os recantos onde ainda exista profundidade que favoreça mergulho. Eu não me adapto às estruturas da superfície. Seria o mesmo mortal além da conta. Mas sou mortal. Não quero ser, mas sou.

( Padre Fábio de Melo - Extraído do Livro: É Sagrado Viver)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...