23 de novembro de 2012

Perseverança


(...) Por isso que ficamos maiores quando perseveramos.
Por que, no final, a resposta é sempre o amor de Deus nos alargando. É sempre a nossa capacidade de amar de novo que vem à tona. Porque depois de um tempo, a gente quase não precisa justificar a sorte com o acaso. A gente quase não precisa de sorte. 

(Priscila Rôde)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...