19 de agosto de 2012

Pra todo resto, a poesia!


Pros nãos, escadas.
Pra sujeira, o colorido.
Pro peso, a nuvem clara.
Pra mesmice, o ombro amigo.
Pra inconstância, o pouso certo.
Pra maldade, platéia vazia.
Pra tudo que prende,
acorrenta e amarra, a tua garra.
Pra todo resto, a poesia."

Yohana Sanfer

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...