3 de junho de 2012

Amar e Respeitar...


Viver com uma pessoa não é fácil. São hábitos, pensamentos e tantas coisas diferentes... tantos obstáculos... é muito mais do que juntar escova de dentes.


O amor é testado no dia-a-dia. Naqueles momentos difíceis que parecem não terminar. É o outro estar doente, estar insuportável, e mesmo assim, o outro continuar a amar.

Uma vida a dois é um encontro. São reencontros onde aprendemos que nossas diferenças podem nos tornar iguais, quando paramos de querer tanto que seja como sonhamos, e entender, ouvir a necessidade do outro.
Um casal quando se ama, ele se respeita. Ele ama Elvis, e ela aprendeu a amar também porque se importa com o que ele gosta, e aprendeu a simplesmente se deixar levar por sua canção e sua dança...

"-Ele adora o jeito dela, simples de ser, e a admira. - Ela tira dele a essência romântica em pedra bruta. -Ele faz tudo por ela, porque a ama e a quer feliz.- Ela o cuida porque ele a faz sentir especial."

Precisamos para ter relacionamentos sadios, parar de culpar o outro por nossas frustrações e expectativas e falar o que gostaríamos de ter. Parar de olhar pra nós apenas, como se o outro não existisse, ou sua existência fosse só pra despejar suas falhas. Entender suas dificuldades, suas necessidades. Quando se faz isso, nos tornamos dois, e paramos de ser tão individual, egocêntricos, egoístas. Nos tornamos melhores para nós e para a nossa cara metade.

Mas também precisamos ser individuais. Não despejar nossa vida toda em uma coisa só. O amor é um sentimento que traz leveza e não algo que pesa.

O diálogo é essencial, porque o outro não vai saber o que você sente, a não ser que você fale. Se não falar vão nascer mágoas, e brigas irão acontecer... Fale tudo que sente... Suas dificuldades. Seus sonhos...Acima de tudo, que haja amizade e cumplicidade...

É ponderar, é ceder, é entender que cada um tem seu jeito, e explicar que gostaria de algumas coisas, que possui sonhos, e aceitar o que essa pessoa te dá. Exigimos muito, e nos frustramos mais ainda. Quando paramos de cobrar, as coisas acontecem naturalmente.

Eu passei por muitas coisas na minha vida, até entender de fato muitas coisas. Entender o simples. O infinito. O encontro. O reencontro. O conhecer. O desconhecer. O achar. O perder. O descobrir... O amadurecer... O cuidar... O preservar... O amar... E ser amada... E ser cuidada. De uma forma inteligente. Bonita. Verdadeira. Que une e abraça. Em todos os momentos. De trabalho árduo, de euforia, de calma, de seriedade ou descontração. Não é sufocar. É confiar. É ter de fato.

A gente consegue se unificar quando olha pra pessoa que está junto e para de ser egoísta. E é nessa sincronia que tudo se encaixa perfeitamente.

Fala-se muito por aí de fantasia sexual. Mas não se fala em sonhos. - A minha fantasia é que sempre seja ótimo quando nos amamos. -O meu sonho é casar na igreja. Porque casar assim é pra pessoa da sua vida... É infinito... Pra mim casamento é pra vida toda. Além da morte que não nos separe!"

A gente esquece muitas vezes quem ama está ali o tempo todo do nosso lado. A gente olha pra baixo, pra trás, pro lado errado. E quando olha pro outro lado, tem uma mão esperado pra se laçar com a nossa.

Adriana Silva - Amor e Relacionamento

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...