4 de maio de 2012

Reflexão: Momentos...


Não existe momento algum em que eu pudesse voltar no tempo e dissesse que mudaria. Já pensei que errado era o tempo, já pensei que eu estava errada e me culpei. Eu acredito hoje, que tudo que vivemos nos mostra algo mais à frente. Quando não possuímos entendimento ou maturidade, a gente pensa que poderia ter feito tudo de maneira diferente. Mas não fazemos sabe porque? " Naquele momento éramos o que podíamos ser". Mesmos com vozes que nos falassem: - Está errado, teria que ser feito assim ou assim.
Não adianta. Errar, acertar faz parte de nós mesmos. Talvez com o tempo, com a compreensão vamos percebendo que a vida é um rio que corre, que flui e que é exatamente assim que devemos ser com algumas coisas. Em outras situações a vida nos cobra algo a mais a se fazer, - principalmente consigo mesmo. Não adianta querer atropelar tudo, e isso a vida ensina. Tudo é por etapas. Não tem jeito.
Somos relógios sobreviventes de um tempo que precisamos nos ajustar. Senão nos adiantamos ou nos atrasamos... O relógio em que gira o mundo é diferente: ele não nos espera nem pra que possamos respirar. Mas temos que respeitar o nosso compasso. Não exigir tanto de nós, uma perfeição que não há, e ao mesmo tempo não paralisar enquanto o mundo corre. O equilíbrio é a melhor saída. Seja o que pode ser. Se esforce um pouco mais se quer algo. Melhore! Acelere, diminua a velocidade. Pare quando achar que deve. Se respeite! Ouça a sua razão, ou a ignore! Permita-se errar. Aprenda! E acima de tudo, ouça o seu coração...

Adriana Silva

2 comentários:

  1. Muito profunda as suas relfexões Adriana.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada amiga Sula. A gente vai amadurecendo e colocando pra fora. Beijo carinhoso, e obrigada pelo comentário.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...