25 de outubro de 2011

Sou Mulher

 
Eu prefiro ser eu do ser o reflexo de alguém que faz a minha luz se apagar.
Eu prefiro ser um pouco de todo mundo, e mesmo assim continuar sendo eu mesma.
Eu prefiro ser muito humana do que ser inerte a qualquer coisa que me toque.
Eu prefiro não chorar quando eu assim quiser, e nem por isso vou me achar insensível. Apenas eu que não quis!
Eu prefiro chorar porque algo me tocou do que nunca permitir que uma lágrima mostre que a minha força não cairá por causa dela. Que é exatamente por causa dela que eu sou MULHER.
Não apenas Mulher, e sim aquela que eu escolho ser, que aprendo ser, que me permito ver.
Adriana Silva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...